Minha homenagem os 90 anos de Chico Anysio (em memória)

PARA CHICO ANYSIO

Jader Soares

Escrevi este poema num momento de muita emoção. O dia exato não sei. Só sei que foi depois da morte do Chico e antes da missa de 7° dia, pois, no dia na missa o recitei, tanto na Igreja de Maranguape, como numa Igreja em Fortaleza. Chico partiu no dia 23 de março de 2012.

Elano Paula, irmão mais velho do Chico, me disse: “Belo poema. Este, eu assinaria. Gostaria de ter feito!” Isso me encheu de orgulho.

Ter sido amigo de Chico Anysio, foi uma das melhores coisas que me aconteceram na vida artística. Devo esta aproximação ao seu filho André Luca, que me recebeu como se eu fosse da família.

Neste 12 de abril de 2021, quando comemoramos mais um Dia Nacional do Humorista, meu peito se enche de emoção. Quando idealizei esta data, sabia da responsabilidade que isso me traria.

Desde 2004 que faço um grande evento em Fortaleza, reunindo, pelo menos 40 humoristas. Ano passado, não teve. Neste ano, também não haverá. O motivo é conhecido de todos: COVID-19. E o grande lance é ficar em casa. Nada de aglomeração.

Mesmo assim, o Museu do Humor Cearense e o Teatro Chico Anysio fazem hoje a inauguração do BUSTO DO HUMORISTA DESCONHECIDO, sem a presença de público… Mas, isso eu já contei aqui no blog.

Obrigado, Chico!

Continuar leitura →

Museu do Humor Cearense inaugura busto em homenagem ao Humorista Desconhecido no dia do Humorista

            Pronto! Era só o que faltava! E faltava mesmo!

Uma homenagem ao Humorista Desconhecido.

Agora, não falta mais!

O Museu do Humor Cearense resolve preencher esta lacuna, e inaugurar, próxima segunda, dia 12 de abril de 2021, as 16h, um busto em homenagem a este famoso não sei quem.

            A data escolhida para o feito não é por acaso. 12 de abril é o Dia Nacional do Humorista em homenagem a Chico Anysio. Neste ano, Chico faria 90 anos.

            Por conta da pandemia da COVID 19, não haverá presença de público. Apenas a direção do Museu participará da solenidade, que constará da divulgação de um vídeo, as 16h nas redes sociais do Museu e do Teatro Chico Anysio. Quando “as coisas se acalmarem”, o público em geral poderá ter acesso ao Museu para conhecer esta ilustre figura.

            Jader Soares, diretor do Museu e idealizador do projeto, diz que esta ideia está em sua cabeça há mais de dois anos, e programou tudo para o dia dos 90 anos de Chico Anysio: “Na realidade esta inauguração deveria acontecer dentro da programação de comemoração do Dia do Humorista deste ano, com a presença dos colegas do riso, com um grande show de humor, como fazemos todo 12 de abril, desde 2004. Mas, o momento é recolhimento e consciência coletiva. Não podemos brincar, quando o assunto é saúde!”

            O busto foi feito pelo famoso artista plástico cearense Vlamy Sousa, que, de tão empolgado, ainda pintou em óleo sobre tela, um quadro do Humorista Desconhecido.

SOBRE O HUMORISTA DESCONHECIDO

Todo humorista tem como meta tornar-se conhecido e famoso. Este, diferentemente dos outros, tornou-se famoso, justamente por ser desconhecido. Pode um negócio desse? Virou até peça de estudo, por isso, hoje, está no Museu do Humor Cearense.

Onde nasceu? Não sabemos. Nem em que dia, mês e ano. A única coisa que se sabe sobre o seu nascimento, foi que aconteceu entre janeiro e dezembro de um ano qualquer.

Suspeita-se que seja cearense, devido algumas características físicas, principalmente a cabeça chata e um pouco avantajada.

Ele não se considerava engraçado. A mulher dele, também não via graça alguma no que ele fazia. Porém, era a alegria das rodas de amigos.

Todo humorista conta ou já contou piadas suas. Uns, menos; outros, mais, e ainda outros: todas.

A causa de sua morte, ainda hoje é controversa, pois quando foi encontrado morto, seu rosto estava em estado de riso. Como gozava de boa saúde e nunca tinha apresentado histórico de doença, o médico escreveu em seu atestado de óbito:

Causa mortis: “Morreu de rir”.

CURIOSIDADE – DE QUEM É A PIADA?

Você sabia que ninguém sabe quem é o autor da grande maioria das piadas que a gente escuta ou conta no dia a dia?

Dizem inclusive que piada não tem dono! Mas, isso não é verdade e nem coerente! Toda piada tem dono e foi criada por alguém. E este alguém elaborou seu início, meio e fim. Não necessariamente nesta ordem, já que Chico Anysio dizia que a elaboração de uma piada se inicia pelo final: “Primeiro você cria o desfecho. Depois constrói o início e o meio…”

Esta homenagem ao Humorista Desconhecido é uma forma de agradecimento por ele ter criado tantas piadas, causos, chistes, e ter presenteado, de mão beijada a todos os humoristas do mundo.

Busto do Humorista Desconhecido

Inauguração: 12 de abril de 2021– Dia Nacional do Humorista

16h – Facebook do Museu do Humor Cearense e Teatro Chico Anysio

Comemoração dos 90 anos de Chico Anysio (Em memória)

Museu do Humor Cearense

Teatro Chico Anysio

Fortaleza – Ceará

Continuar leitura →

Zé das Tapiocas ganha 32° Festival de Mentiras e leva Um Real em prêmio

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 3708641c-675b-4b95-b6bb-095ddbd09ec9-1024x534.jpg

Acabou a brincadeira! O assunto agora é sério!

O Humorista Zé das Tapiocas ganha de novo o Festival de Mentiras. É a 4° vez que ele ganha. Tá estribado!

O tradicional Festival de Mentiras que acontece deste 1904 na Praça do Ferreira em Fortaleza, foi realizado este ano no formato virtual, em sua Edição de número 32.

O Festival é uma grande brincadeira, e vem acontecendo, no sentido de não deixar morrer a história dos potoqueiros das antigas, que anualmente, se encontravam, sempre no 1° de abril para mentir, frescar e alimentar a veia cômica e corrosiva da nossa cearensidade.  

Já o motivo do Festival ser Virtual não é brincadeira!

O mundo todo está se precavendo contra o Coronavírus (COVID-19), doença surgida na China, em dezembro de 2019, e que tá fazendo um estrago danado e matando muita gente no mundo todo.

Este ano tivemos nove participantes: Cibalena, Humorista Zoró, Pallhaço Cipó, Pupunha, Sebastião Cordeiro, Tom Leite, Veia Cômica, Zé Bolão e Zé das Tapiocas.

Cada mentiroso mandou vídeo, de até 3 minutos, que foi publicado no Facebook do Museu do Humor Cearense. A votação foi através de LIKE, e só na página do Museu.

Os Campeões

 Os mentirosos vencedores, receberão um Certificado de Mentiroso do Ano, e premiação em dinheiro. O montante da premiação é de R$ 1,75 (Um Real e Setenta e Cinco Centavos), assim distribuído:

            1º Colocado – Zé das Tapiocas – R$ 1,00

            2º Colocado – Veia Cômica – R$ 0,50

            3º Colocado – Humorista Zoró – R$ 0,25

            A realização do Festival de Mentiras é do Museu do Humor Cearense.

FESTIVAL DE MENTIRAS

32º Festival de Mentiras (Virtual)

Organizadores: 3252 3741   –  9991 0460 

Jader Soares e Jader Távora

2° Lugar – Veia Cômica

Continuar leitura →

32° Festival de Mentiras

Totalmente Virtual

Pensava que não ia ter, né?! Mas, vai!

O tradicional Festival de Mentiras que acontece deste 1904 na Praça do Ferreira em Fortaleza, acontecerá este ano no formato totalmente virtual. Será a Edição de número 32.

Todo ano é a mesma coisa: 1° de abril, 17h, a negada se reúne na Praça do Ferreira só pra ver o mungango; que aliás, faz parte da abertura das comemorações do Mês do Humorista.  Ali, através de palmas, vais, gritos, apupos e gemidos, o público escolhe o Mentiroso do Ano, que tem até 3 minutos para contar sua mentira. O humorista Zebrinha é quem comanda a festa.

O Festival é uma grande brincadeira, e vem acontecendo, tendo a intenção de não deixar morrer a história dos potoqueiros das antigas, que anualmente, se encontravam, sempre no 1° de abril para mentir, frescar e alimentar a veia cômica e corrosiva da nossa cearensidade.  

Ano passado, 2020, não teve, por conta da Pandemia da COVID. E este ano o Festival será Virtual. E o motivo do Festival ser Virtual não é brincadeira!

O mundo todo está se precavendo contra o Coronavírus (COVID-19), doença surgida na China, em dezembro de 2019, e que tá fazendo um estrago danado e matando muita gente no mundo todo.

Apelamos a todos os colegas humoristas e mentirosos em geral, que mandem um vídeo com sua mentira para o zap 85 – 9991 0460. Até as 17h do dia 1° de abril de 2021. Quanto mais cedo mandar, melhor, pois quem tiver mais like, ganha a competição.

Duração do vídeo: no máximo 3 minutos

Os vídeos serão publicados individualmente no face do Museu do Humor Cearense.

O vencedor do ano passado (2019) foi o humorista Zé das Tapiocas (Foto). Ernesto Martins ficou em 2°  lugar, e Cibalena, em 3°.

Uma premiação de encher os olhos

 O mentiroso vencedor, receberá um Certificado de Mentiroso do Ano, e premiação em dinheiro. O montante da premiação é de R$ 1,75 (Um Real e Setenta e Cinco Centavos), assim distribuído:

            1º Colocado R$ 1,00
           2º Colocado R$ 0,50
           3º Colocado R$ 0,25

            A realização do Festival de Mentiras é do Museu do Humor Cearense.

História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro da Mentira (Cajueiro Botador – assim chamado por que botava caju o ano todo – e isso é verdade), o Ceará assistia a sua festa mais tradicional, popular e moleca que era o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no Cajueiro, com todo tipo de mentiras, de preferência as mais provocantes à sociedade e aos homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, em 1991, administração de Juraci Magalhães, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou à Praça do Ferreira, seu lugar de origem. Em 2020 foi cancelado, o que seria a 32ª Edição, por conta do Coronavírus. Agora, em 2021, o Festival volta a ser realizado em formato virtual. O mentiroso, de qualquer lugar do Brasil, manda um vídeo com sua mentira, e que tiver mais like, ganha a premiação maior, Um Real. Depois, naturalmente, vem o 2° e o 3° colocados.

O evento também faz parte da abertura da programação do Mês do Humorista.

         Por que Abril, é o Mês do Humorista?

            Porque em 12 de abril comemoramos o Dia Nacional do Humorista, aniversário de nascimento de Chico Anysio. Para isso existem as seguintes Leis:

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003  (Ceará)
Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009   (Fortaleza)
Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015  (Brasil)

FESTIVAL DE MENTIRAS

32º Festival de Mentiras (Virtual)
Mande seu vídeo com sua mentira até as 17h do dia 1° de abril de 2021
Para o Zap 85 – 999 91 0460
Organizadores: 3252 3741   –  9991 0460
(Jader Soares/Jader Távora)

Continuar leitura →

Lançamento do e-book “QUE DRAGÃO É ESSE?”

O e-book QUE DRAGÃO É ESSE? é mais uma obra do cearense Jader Soares.

Aqui, você vai conhecer a vida de Chico da Matilde, herói da libertação dos escravos no Ceará. 

Detalhe: este trabalho foi escrito por um humorista, que também é professor de história. Então, não há perigo, do livro não ter graça!

Você pode correr pra ler o e-book clicando aqui!

PROJETO FOMENTADO COM RECURSOS DA
LEI 14.017/2020 – LEI ALDIR BLANC – POR
MEIO DA SECRETARIA MUNICIPAL DA
CULTURA DE FORTALEZA

A contrapartida do projeto é um show de humor educativo em formato digital, que pode ser encontrado no link: https://youtu.be/mSi7-kRLTwo

Continuar leitura →

Ernesto Martins e Luciano Lopes são os novos represtantes do Humor no Conselho de Cultura Municipal

               A SECULTFOR (Secretaria da Cultura de Fortaleza) divulgou hoje, dia 23/05/2019 o resultado das Eleições Complementares de representantes de linguagens para compor o Conselho Municipal de Cultura.
              
               Para representar o Humor durante os dois próximos anos a categoria escolheu Ernesto Martins (Veia Cômica) para titular e Luciano Lopes (Luana do Crato) para suplente.

               Aos dois colegas humoristas, desejamos sucesso!

Continuar leitura →

Dia Nacional do Humorista será comemorado no Cineteatro São Luiz com 40 artistas no palco, neste 12 de abril

 

 
Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003  (Ceará)
Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009   (Fortaleza)
Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015  (Brasil)
 
Quando o mês de abril chega, o Humor do Ceará ganha um brilho todo especial. É que no dia 12  é comemorado o DIA NACIONAL DO HUMORISTA, com Lei e tudo!  A data é oficial no Estado do Ceará deste julho de 2003. Em 2015 passou a ser comemorada oficialmente também, em todo o Brasil. O Dia 12 é uma referência ao nascimento de CHICO ANYSIO (1931). Este ano Chico faria 88 anos. Ele nos deixou no dia 23 de março de 2012. Há 7 anos. Viveu 80 anos e 345 dias.

Neste 2019 as comemorações acontecem pela 16º com uma vasta programação em vários locais, que vai de 1º (Festival de Mentiras na Praça do Ferreira) a 29 de abril (Dia da Sogra no Teatro Chico Anysio).

O ponto alto das comemorações acontece no Cineteatro São Luiz, no Dia 12 de Abril, com a apresentação de show, envolvendo, pelo menos, 40 humoristas, que se apresentam no palco de 16h as 20h, oportunizando a todos, assistirem a bons e variados espetáculos humorísticos. A entrada é de graça 

Homenagem em Vida

O Dia do Humorista foi idealizado pelo pesquisador de humor Jader Soares. A Lei Estadual é de 2003. Chico Morreu em 2012. Portanto a homenagem foi em vida, nove anos antes do falecimento do artista. Inclusive, Chico Anysio recebeu das mãos de Jader, placa alusiva à data, em janeiro de 2004, no Centro de Convenções de Fortaleza, por ocasião da realização do Ceará Riso Fest.
 

           Humoristas já confirmados para dia 12

Todos os humoristas estão convidados para o evento. Confirmados já temos:  Bolachinha, Cibalena, Chiclete, Chocolate, Chupeta, Colorau e Ronaldo, Dion Queiroz, Esquema, David Silva, David Moraes, Delegado e Zé Bolão, Elvis Preto, Ery Soares, Fei que Dói, Francisquinha, Froxilda Fofolete, Gente Fina, Gilliard, Isaias Lourenço, Jean Humor, Jovelina Ceará, Luan Damasceno, Leo di Oliveira,  Lezadim, Luiz Pupunha, Luana do Crato, Manguaça, Megdal, Marmita, Mexerico, Manguaça, Niquita, Oscabrito, Paçoca e Fubá, Panta,  Pepeta, Rosinete, Rumualdo Cruz, Rafaeleite, Roberto Rizo,  Sérgio Ataíde, Severina Guet, Silva Bonitim, Sparguet, Superedson,   Tom Leite, Veia Cômica, Zé das Tapiocas e Zebrinha.

            À frete do projeto está o Museu do Humor Cearense com apoio do Cineteatro São Luiz.

SERVIÇO: Comemoração do Dia Nacional do Humorista
(Uma homenagem a Chico Anysio)
Dia: 12 de abril
Horário: de 16h as 20h
Entrada: De graça
Local: Cineteatro São Luiz (Praça do Ferreira)
Fortaleza-Ceará

INFORMAÇÕES:

Jader Soares ou Jader Távora
(85) 9991-0460      3252-374
escritoriodoriso@gmail.com

 

Continuar leitura →

O humorista Zé das Tapiocas ganha mais uma vez o Festival de Mentiras e leva Um Real em prêmio.

 

 

 

 

O humorista Michel Padilha (Zé das Tapiocas) levou a melhor e ganhou o 31º Festival de Mentiras, realizado ontem, 1º de abril/2018, as 17h, na Praça do Ferreira em Fortaleza-CE.

Foram 17 mentirosos inscritos. Dois fugiram, se escafederam… portanto 15 participaram numa acirrada disputa, em busca de mais um Troféu Pantaleão e um montante significativo em dinheiro. O Troféu Pantaleão é uma homenagem ao personagem mentiroso de Chico Anysio.

Relação dos Inscritos por ordem de Inscrição
 

1 – Luizim da Bicharada
2 – Zé da Onça
3 – Tom Leite
4 – Zé das Tapiocas (Michel Padilha)
5 – Nana Paulão
6 – Mozart (Fugiu. Não apareceu quando anunciado)
7 – Esparguete
8 – Iranildo (Cibalena)
9 – Aninha Gabriele
10 – Polegar
11 – Gean
12 – Izaias Lourenço
13 – Clodomir
14 – Ernesto Martins
15 – Reginilton
16 – Pedro Porfírio
17 – Ronier (Fugiu. Não apareceu quando anunciado)


                    O resultado final foi o seguinte

1º Colocado – Michel Padilha (Zé das Tapiocas)
(Recebeu premiação das mãos do humorista Zebrinha e de Gerson Linhares – Museu do Caju)

2º Colocado – Ernesto Martins
(Recebeu premiação das mãos de um cidadão do público))

3º Colocado – Cibalena
(Recebeu premiação das mãos de uma cidadã do público)

A premiação total, líquida e sem desconto, foi de   R$ 1,75 assim distribuído:

                1º Colocado R$ 1,00

                2º Colocado R$ 0,50

                3º Colocado R$ 0,25

O prêmio foi pago na hora, em moeda corrente do Brasil, sob forte esquema de segurança. O humorista Zé das Tapiocas  ganha o Festival de Mentiras pela 3ª vez. Ou seja, juntando os três prêmios, já soma TRÊS REAIS. É muita grana, NÉ NÃO!? Agora Zé das Tapiocas se iguala ao humoristas Ernesto Martins, que também já foi campeão 3 vezes!

Chuva

O Festival foi realizado debaixo de chuva. Uma chuva fina, que teimava em cair.  Mas, mesmo assim, de guarda-chuvas armados, o público ficou para assistir. Claro que se não tivesse chovendo o público teria sido bem maior.

Imprensa

A divulgação na imprensa foi muito boa! O repórter Almir Gadelha fez uma matéria ao vivo direto da Praça do Ferreira para o CE TV de meio dia da TV Verdes Mares, no próprio dia 1º. A matéria durou uns 8 minutos, já que na mesma ocasião  foi ao ar uma outra, gravada previamente, também falando do Festival.

O Jornal O Povo fez matéria nos dias 28 de março e 1º de abril.

O Diário do Nordeste publicou matéria no dia 1º de abril.

Jader Soares deu entrevistas para as rádio Jovem Pan e CBN, também falando sobre o evento.

Vários blogs anunciaram o Festival, dentre eles, os dos jornalistas Eliomar de Lina e Lauriberto Braga.
 

História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade!), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no Cajueiro, com todo tipo de mentiras, de preferência as mais provocantes à sociedade e aos homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, sob a administração do prefeito Juraci Magalhães, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou à Praça do Ferreira, seu lugar de origem. Ainda nos anos de 2017 e 2018, mais uma vez, foi realizado no Teatro Chico Anysio.  O motivo do Festival ter acontecido novamente no Teatro e não na Praça é por ter caído o 1º de abril em dia de sábado ou domingo. E em final de semana não dá para fazer na Praça. Já que, quando o evento lá acontece, o horário é 17h. E nestes dias e horários, a Praça do Ferreira é deserta.

O Festival de Mentiras abre a programação do Mês do Humorista, que este ano comemora os 88 anos do humorista Chico Anysio. 12 de abril é o Dia Nacional do Humorista.

Continuar leitura →

Keyo Fernande ganha o Concurso de Humor do Shopping Eusébio

            O humorista Keyo Fernandes foi o grande vencedor do Concurso de Humor do Shopping Eusébio. Keyo é filho do consagrado humorista Cleber Fernandes, a Froxilda Fofolete. 

O evento, idealizado e apresentado pelo humorista Ernesto Martins em parceria com o Shopping Eusébio,  aconteceu nos dias 14, 21 e 28 de março de 2019, as 20h. Sempre às quintas. Nos dias 14 e 21 foram realizadas as eliminatórias, onde 4 concorrentes disputaram 2 vagas por noite. Cada apresentação teve  o tempo de 12 a 15 minutos. Sendo que na Final o tempo foi de 15 a 20 minutos. Finalizando a noite, teve a apresentação de um humorista convidado especial. 
Os humoristas convidados especiais foram:
Dia 14 – Cleber Fernandes
Dia 21 – Luana do Crato
Dia 28 – Iran Delmar
Os humoristas participantes do Concurso foram:

Dia 14 (1ª Eliminatória)

Delegado e Zé Bolão

Esparguete

Keyo Fernandes

Tom Leite

 
Dia 21 (2ª Eliminatória)

Colorau e Ronaldo

Leide Daiana

Lindomar e Marlindo

Severina Guet

Para a Grande Final, acontecida no dia 28 de março foram quatro humoristas. Abaixo, o resultado e a premiação:
1º Lugar: Keyo Fernandes (Troféu e R$ 1.500,00)
 

2º Lugar Colorau e Ronaldo (Troféu e R$ 1.000,00)

 

3º Lugar Delegado e Zé Bolão (Troféu e R$ 500,00)

 

4º Lugar: Leide Daiana (Troféu e R$ 250,00).
 
 
 

Continuar leitura →

Festival de Mentiras vai dar Um Real em Prêmio

 

            Debaixo do Cajueiro Botador (Cajueiro da Mentira), na Praça do Ferreira, rememorando a história dos potoqueirosdas antigas, acontecerá a abertura das comemorações do Mês do Humorista. Ali, no dia 1º de Abril, as 17h, será realizado o 31º Festival de Mentiras, onde escolheremos o Mentiroso do Ano, que levará além do Troféu Pantaleão (Personagem mentiroso de Chico Anysio), premiação em dinheiro. A premiação é líquida e sem desconto, e mesmo apesar da crise econômica que assola o Brasil, será mantida igual a dos anos passados. R$ 1,75 no total, assim distribuída:

            1º Colocado R$ 1,00

            2º Colocado R$ 0,50

            3º Colocado R$ 0,25

            O prêmio será pago na hora, em espécie, em moeda corrente do Brasil, sob forte esquema de segurança.

            Qualquer pessoa poderá disputar. Para isso basta preparar uma boa mentira, pegar o microfone e soltar o verbo. Este ano não aceitaremos a participação de parentes de políticos presos.

            Quem irá escolher o Maior Mentiroso do Ano será o público, através de aplausos, vaias, gritos, gemidos, estalos de dedos, assobios ou outra manifestação qualquer de apoio ao seu mentiroso preferido.

            As inscrições serão realizadas a partir das 16h, debaixo do pé de caju, no próprio dia 1º. De graça.

            A realização do Festival é do Museu do Humor Cearense em parceria com o Museu do Caju e Escritório do Riso.

 
História do Festival de Mentiras

            De 1904 a 1920, na Praça do Ferreira, debaixo do Cajueiro Botador (era assim chamado porque botava caju o ano todo – e isso é verdade), o Ceará assistiu a sua festa mais tradicional, popular e moleca que foi o Festival de Mentiras, realizado, é claro, no dia 1º de Abril. Ali, intelectuais, artistas, bebuns e desocupados passavam o dia escrevendo e afixando papelotes no Cajueiro, com todo tipo de mentiras, de preferência as mais provocantes à sociedade e aos homens do poder.

            Em 1920, o Prefeito Godofredo Maciel, sentindo-se incomodado com a brincadeira, mandou derrubar o Cajueiro, acabando com a farra.

            Na última reforma da Praça do Ferreira, foi plantado um novo cajueiro e colocado a seu lado uma placa que conta um pouco desta história.

            Em 2006, depois de 86 anos sem acontecer o evento, o Escritório do Riso/Museu do Humor Cearense retomou o Festival de Mentiras, realizando-o nos anos de 2006, 2007, 2008 e 2009 no Teatro Chico Anysio. Em 2010, o Festival voltou à Praça do Ferreira, seu lugar de origem. Agora em 2019, mais uma vez o Festival será realizado debaixo do Cajueiro Botador, abrindo a programação do Mês do Humorista.
                                          Por que Abril é o Mês do Humorista?

            Porque dia 12 de Abril comemoramos o Dia Nacional do Humorista, aniversário de nascimento de Chico Anysio. Para isso existem as seguintes Leis:

Lei Estadual nº 13.317 de 02/07/2003  (Ceará)
Lei Municipal nº 9518 de 23/10/2009   (Fortaleza)
Lei Federal nº 13.082 de 08/01/2015  (Brasil)

   

SERVIÇO

31º Festival de Mentiras
Dia: 1º de Abril de 2019
Horário: 17h
Local: Praça do Ferreira (Debaixo do Cajueiro Botador)
Informações: 3252 3741     9991 0460 (Jader Soares/Jader Távora)

 

 

Continuar leitura →

Tom Leite vence o Festival de Humor Cearense em Sobral

 
 
 
 

         O humorista Tom Leite foi o grande vencedor do XVI FHC (Festival de Humor Cearense), que aconteceu nos dias 20, 21, 22 e 23 de março/2019 no SESC Educar em Sobral. Nove concorrentes participaram e três foram classificados para a grande final. A dupla Colorau e Ronaldo ficou em 2º lugar e Maycon de Souza ficou em 3º lugar. O evento foi coberto de pleno  êxito! E mesmo neste período chuvoso, até São Pedro ajudou. Nada de chuva durante as 4 noites de FHC. Só um pequeno sereno caiu no último dia. Mas, ninguém arredou pé! O SESC Educar estava lotado.
         
         A disputa deu-se assim:

         Dia 20 (Quarta)

Maycon de Souza (Massapê) – Classificado

Dupla Delegado e Zé Bolão (Fortaleza)

Esparguete (Patos-Pb.)

         Dia 21 (Quinta)

Tom Leite (Fortaleza) – Classificado

Maria Bonita Feia (Massapê)

Léo de Oliveira (Fortaleza)

Dia 22 (Sexta)

Dupla Colorau e Ronaldo (Caucaia/Fortaleza) – Classificada

Leide Daiana (Fortaleza)

Izaias Lourenço (Fortaleza)

Além de troféus, os 3 primeiros colocados receberam premiação em dinheiro.

1º Colocado (Tom Leite) R$ 2.500,00

2º Colocado (Colorau e Ronaldo) R$ 1.500,00

3º Colocado (Maicon de Souza) R$ 1.000,00

O FHC que foi idealizado pelo escritor Giovani de Oliveira, vem sendo realizando em Iguatu desde o ano de 2004, ininterruptamente. Lá já foram realizadas 15 edições (de 2004 a 2018). Durante estes 15 anos, mais de 200 atrações já se apresentaram no festival, envolvendo tanto humoristas cearenses como também de fora do estado. Nesta XVI edição, 17 humoristas subiram ao palco, entre convidados especiais e mostra competitiva.

É a primeira vez que o FHC sai de Iguatu. E há intenção que ele circule também por outras cidades cearenses, porém, sempre no mês de agosto, acontecerá onde começou, em Iguatu.

O SESC conseguiu para este evento reunir o que há de melhor da nossa molecagem. Além dos nove participantes da mostra competitiva,  cinco humoristas fizeram shows como convidados especiais. Assim sendo, artistas renomados se misturaram a talentos ainda não tão famosos, porém, todos com a mesma pegada do bom humor cearense.

No evento ainda tivemos a Exposição: O Bom Humor Cearense, com acervo do Museu do Humor Cearense com fotografias retratando os 15 anos de história do FHC. No Mercado Público, tivemos Show de Humor de Rua, na manhã de sábado, convidando a população à comparecer ao evento.

O FHC fez uma homenagem ao humorista sobralense Tupinambá Marques, que recebeu uma medalha das mãos do idealizador do festival, Giovani de Oliveira.

A apresentação do FHC ficou a cargo do humorista Jader Soares, Zebrina, que também é o curador do evento. O FHC é uma realização do SESC em parceria com o Museu do Humor Cearense, do qual Soares é o diretor.

O ingresso para as apresentações no SESC foi um quilo de alimento não perecível. Todo alimento arrecadado foi destinado ao Programa Mesa Brasil do SESC. Foram arrecadados mais de 2.000 quilos de alimentos.

PROGRAMAÇÃO:
 

           Dia 20 – (Quarta)  

DINAH MORAES (Youtuber
(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)

Dia 21 – (Quinta)
ADAMASTOR PITACO
(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes) 

Dia 22 (Sexta)
AUGUSTO BONEQUEIRO
E O BONECO FULEITAGEM
(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)

Dia 23 – (Sábado)
CLEBER FERNANDES
ERY SOARES
(Nas Garras da Patrulha – TV Diário)
(Grande Final com 3 concorrentes)

SERVIÇO:

 

XVI FHC – Festival de Humor Cearense (SESC-Sobral)

Local: Estacionamento da Escola Educar,
            Rua Dom Lourenço, 855 – Campo dos Velhos.
Dias: 20, 21, 22 e 23 de março de 2019
Horário: 20h
Informações (88) 3611 0954

                        

Entrada:
Solicita-se 1Kg de alimento não perecível destinado ao Programa MESA BRASIL.

 

Continuar leitura →

O FHC começa hoje, com show de Dunah Moraes

XVI FHC

Festival de Humor Cearense

Dias 20, 21, 22 e 23 de março de 2019

(Estacionamento da Escola Educar)
Sobral – Ceará

Rua Dom Lourenço, 855

Campo dos Velhos

20h

Informações (88) 3611 0954

85 (999 91 0460)

 

 PROGRAMAÇÃO:

 
Dia 20 – (Quarta) 

DINAH MORAES (Youtuber)

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)
Dia 21 – (Quinta)

ADAMASTOR PITACO

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)
 

Dia 22 (Sexta)

AUGUSTO BONEQUEIRO

E O BONECO FULEITAGEM

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)

 
Dia 23 – (Sábado)

CLEBER FERNANDES

ERY SOARES

(Nas Garras da Patrulha – TV Diário)

(Grande Final com 3 concorrentes)

 

Entrada: Solicita-se 1Kg de alimento não perecível destinado ao Programa MESA BRASIL.

Continuar leitura →

Festival de Humor Cearense (FHC) invade Sobral

 

 
Bebendo na fonte inesgotável do bom humor do Ceará, o SESC-CE vem realizando em sua sede de Iguatu, desde o ano de 2004, ininterruptamente, o FHC (Festival de Humor Cearense). Já foram 15 edições. De 2004 a 2018, o FHC já apresentou mais de duzentas atrações, entre humoristas nacionalmente consagrados e iniciantes. Em Iguatu, o FHC acontece sempre em agosto.

Dado ao sucesso comprovado do evento, a partir de 2019, o Festival de Humor Cearense – FHC também será realizado em outras cidades. Sobral, terra de Renato Aragão e do famoso Beco do Cotovelo foi escolhida para sediar a XVI Edição do FHC, a primeira fora de Iguatu.

          Na Princesa do Norte, o FHC acontecerá nos dias  20, 21, 22 e 23 de março de 2019 no Estacionamento da Escola Educar do SESC, na Rua Dom Lourenço, 855, Campo dos Velhos.

O SESC conseguiu para este evento reunir o que há de melhor da nossa molecagem. Serão cinco humoristas convidados especiais, além de nove humoristas (e/ou grupos) que participarão da Mostra Competitiva, disputando troféus e prêmios. Assim sendo, artistas renomados se misturam a talentos ainda não tão famosos, porém, todos com a mesma pegada do bom humor cearense.

No evento também teremos a Exposição: O Bom Humor Cearense, com acervo do Museu do Humor Cearense e Show de Humor de Rua no Beco do Cotovelo, no sábado pela manhã, convidando a população à comparecer ao evento.

A apresentação do FHC fica a cargo do humorista Jader Soares, Zebrina, que também é o curador do evento. O FHC tem parceria com o Museu do Humor Cearense, do qual Soares é o diretor.

O ingresso para as apresentações no SESC, será um quilo de alimento não perecível. Todo alimento arrecadado será destinado ao Projeto Mesa Brasil.

Com esta ação procura-se permitir à clientela do SESC e ao público em geral, o acesso a espetáculos artísticos na linguagem do Humor, oferecendo um lazer cultural que satisfaça o desejo de diversão e entretenimento. Além disso, oportunizar também o encontro de humoristas da nova geração com humoristas já consagrados.

PROGRAMAÇÃO:

 
Dia 20 – (Quarta)  

DINAH MORAES (Youtuber)

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)

 
Dia 21 – (Quinta)

ADAMASTOR PITACO

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)
 

Dia 22 (Sexta)

AUGUSTO BONEQUEIRO

E O BONECO FULEITAGEM

(e Mostra Competitiva com 3 concorrentes)
Dia 23 – (Sábado)

CLEBER FERNANDES

ERY SOARES

(Nas Garras da Patrulha – TV Diário)

(Grande Final com 3 concorrentes)

 

SERVIÇO:

 

XVI FHC – Festival de Humor Cearense (SESC-Sobral)

Local: Estacionamento da Escola Educar,

            Rua Dom Lourenço, 855 – Campo dos Velhos.

Dias: 20, 21, 22 e 23 de março de 2019

Horário: 20h

Informações (88) 3611 0954
(85) 999 91 0460 (Museu do Humor Cearense – Jader Soares)

                        

Entrada: Solicita-se 1Kg de alimento não perecível destinado ao Programa MESA BRASIL do SESC.

 

Continuar leitura →